09.07.2010As drogas como fenômeno social

José Carlos García Fajardo
É um sofisma argumentar que, dado que a maioria dos viciados alguma vez na vida fumou cannabis, dizer que a maconha ou haxixe são a causa da droga-adicção. Ou que todo aquele que já fumou erva, algum dia se converterá em um viciado.

02.07.2010Segurança a qualquer preço não interessa

José Carlos García Fajardo
A democracia está ameaçada pelo poder dos empresários apoiados na hegemonias que, mais cedo ou mais tarde, sofrerãon na própia carne os efeitos deste monstro ingovernável por inumano.

25.06.2010O dever da resistência indígena

José Carlos García Fajardo
Os povos indígenas subjugados pelos invasores têm o dever de se rebelar usando os meios que estiverem a seu alcance para conservar seus sinais de identidade.

18.06.2010Marketing com causa errada

José Carlos García Fajardo
A qualidade do produto e o serviço é o que deve ser informado pelo marketing. As ONGs não devem prestar-se a estas atividades porque o fim nunca justificará os meios. Desvirtua-se o trabalho das empresas que ajudam a obras sociais sem pedirem nada em troca.

11.06.2010Não sabiam que era impossível

José Carlos García Fajardo
Diante do mal-estar de um mundo em crise, é preciso agarrar-se à memoria e dar espaço à palavra. Começarmos a ser felizes querendo o que fazemos, para superar esta solidão coletiva que fará uma crise se nos propusermos. Resgatemos a memória do esquecimento.

04.06.2010Não somos idiotas

José Carlos García Fajardo
A virtude essencial de quem governa é conseguir a concórdia da cidade, a participação geral das pessoas e a apreciação dos idôneos para os postos de responsabilidade. Temos que ir em busca da autêntica democracia e não de leilões demagógicos.

28.05.2010Não se aproveitar das ONGs

José Carlos García Fajardo
É um perigo que as ONGs estejam de moda porque são desejadas pelas empresas, pelos políticos e pelos grupos religiosos, através do que lhes falta: não esperar nada em troca.

21.05.2010Reparação devida, melhor do que ajuda

José Carlos García Fajardo
É o momento de efetuar a reparação devida pelascolonização, melhor do que ocultar a realidade com ajudas ao desenvolvimento. Os povos africanos sabem ser auto-suficientes.

14.05.2010Características do Voluntário

José Carlos García Fajardo
A gratuidade, a responsabilidade pessoal ou o conhecimento, respeito e valorizaçao das diferentes pessoas ou povos que se podem encontrar na realização da tarefa de ajuda som parte do voluntariado social.

07.05.2010Que venham os novos bárbaros

José Carlos García Fajardo
Devemos nos aproximara aos inmigrantes para escutá-los, respeitá-los e compartir seus conhecimentos. Sem lhes impor um modelo cultural que os faça renunciar ao que é seu. Olha-los sem preconceitos.

Página 5 de 8«12345678»Volver